Saudações.

" Não quero lhe falar meu grande amor; das coisas que aprendi nos discos...
Quero lhe contar como eu vivi; e tudo o que aconteceu comigo (...)"

(Antônio Carlos Belchior- Como nossos pais)

domingo, 25 de outubro de 2009

Atlântico

Um oceano nos separa.
Um oceano de águas profundas e geladas.
Vou nadar ao teu encontro, se não der, vou voando.
Eu te amo tanto que isso não seria espanto.
Seria espanto não atravessá-lo.
Seria espanto ficar no meu canto, vendo o tempo passando
E os dias acabando.
Eu te amo tanto. Ah! Como te amo.
Que o oceano mais parece uma lagoa, que o calor
Evapora, fazendo água virar terra.
Pra eu passar por ela.
E lá estarás tu, a minha espera.
Quando encontrarmo-nos, ficaremos juntos.
Á beira do oceano. De nome Atlântico.

7 comentários:

Eric R. disse...

Muito interessante seu texto Mel.ao mesmo tempo que há uma distância enorme,uma parede ainda entre duas pessoas que se amam, ainda há uma esperança para todo esse imenso amor.
Muito belo.

Beijos e um ótimo domingo ^^.

Diego Morais disse...

Sempre muito bom seus posts.
O amor supera distâncias.
:*

Nayara disse...

meL muito lindooo
amei!!
vc ta cada dia melhor
textO muito lindO parece muito com vc..!!
rsrsrs
bjuu migaaa

Eric R. disse...

Sinta-se homenageada ,certamente, te conheço a pouco tempo mas ja sei que és especial e sim te já te considero minha amiga, espero que vc tbm me considere kkk.
Bom eu apenas copio a URL do video e colo na area do texto ,depois eu visualizo antes postar rsrsrs tem dado certo, espero que pra vc tbm dê.

Beijo :D

Eric R. disse...

Uma coisinha tente copiar, se for Youtube, aquele endereço do (Incorporar) que fica do lado direito do video ;) e é só colar na caixa de texto

Samira disse...

eita mel, muito lindo tudo o que vc escreve...
e bastante profundo.
queria eu saber fazer algo assim.
continue assim.
beijaum

Barbara disse...

Nossa mel um amor assim
é quase impossível...
Só mesmo vc rsrs
Mas ta lindo, beijo.