Saudações.

" Não quero lhe falar meu grande amor; das coisas que aprendi nos discos...
Quero lhe contar como eu vivi; e tudo o que aconteceu comigo (...)"

(Antônio Carlos Belchior- Como nossos pais)

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

O tempo não pode parar...

Talvez tenha sido apenas momentos.
E eu achei que fossem eternos.
Apenas alguns instantes.
Que acabaram tão cedo.
E eu pedindo que o tempo parasse.
Talvez, o erro tenha sido justamente aqui...
Pedir que o tempo parasse, por mim.
Para que eu pudesse desfrutar o que
Me era agradável, então, o tempo me responde calmamente.
Querida, sinto, mas todos me pedem o mesmo.
Se eu o fizer, o que será dos vossos destinos;
Não percebe que se paro de trabalhar tão rápido
Com o pouco de tempo que já viveu, não demorará
E logo me pedirá o contrário.
Querida, não se aprece, tudo é questão de tempo.
Por tanto, te dou o hoje. Com suas devidas horas.
Use-as, viva, pois, não poderei acrescentar
Mais um minuto no teu dia.
E eu, diante de tais palavras, o que posso fazer é
Apenas VIVER.
Pois já falta pouco para esse dia aqui acabar.
Amanhã começa outro eu sei. Mas falta muito para
O outro dia chegar.
O tempo disse me entender, não sou a única assim, confusa
Com o tempo. Mas ele é o único assim, determinado ao
Meu pedido não cumprir. Que bom, por que se não fosse
Ainda hoje estaria vivendo aquele dia, imaginando que ele era o
Melhor de todos. Boba eu, mal sabia que melhores dias ainda viriam.
Portanto, querido Leitor; viva, cada instante incessantemente...
Quanto aqueles momentos eternos, guarde consigo, o tempo, não
tomará de te.
E lembre-se que amanhã, é outro dia, para novas alegrias!!!!

Melissa Prardo
15 de janeiro de 2010

13 comentários:

Mitsuyia disse...

oiii..adorei seu blog!!

viver sem limites....é o melhor do ser humano!!Viver limitado é para quem não sabe sonhar!!!
bjss
espero sua visita!!
estou te seguindo!

Tania Girl disse...

Lindo post!!
Sabe, ainda bem que o tempo não para, já pensou se parasse?Muitas pessoas sofreriam eternamente...
lindo post, mesmo!!
bjus

Diego Morais disse...

Muito bom.
Carpe diem. Aproveite o dia.
O dia não vai mais voltar.
Mas tantas outras coisas podem ser feitas.
:)

Tania Girl disse...

Oiiii
sinta se a vontade para pegar os selinhos que você gostar, afinal vc é seguidora do meu blog e eu ofereci para todos os meus seguidores... além do mais, eu também acho o seu blog um encanto!!
bjocas
Indico pra vc também...

Room 7 disse...

Ameii seu poema,lindo demais...
beeijos

ERICK MOURA disse...

olá sua menina.
que texto em...
adorei. acho que pra falar do tempo fazendo relaxao com amor nao é tao facil e voce fez isso de forma muito bonita.

sim, eu nao sabia que nao era seguidor do teu blog, vinha aqui mas nao sabia que nao era...
mas ja add viu..

bjao pra tu sua menina,. aparece mais por la.

erick moura

Lady from the city disse...

o tempo é o rei da nossa vida..nenhum minuto é demais. tudo tem um pq...a melhor opção não é tentar entender, mas viver os sonhos, viver os segundos, os minutos sem pensar no tempo.
bom saber q não estamos sós né? beijoos

Tatiana disse...

Melissa...
Fico aqui pensando em suas palavras e imaginando a motivação que a levou a escrevê-las.
A vida pulsa maravilhosamente bela por aqui!

Um beijo muito carinhoso e obrigada por sua visita!

O Profeta disse...

O troar do trovão, esta incessante chuva
As estrelas choram todas as mágoas na terra
Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

As casas do sul ruiram todas
Tal como a esperança desesperada
Toquei no rosto de uma criança triste
Senti uma paz surgir do nada


Mágico beijo

A Magia da Noite disse...

o tempo é ágil, podemos estirar um segundo de prazer, e encurtar uma hora de dor, é preciso saber como fazer.

Eric R. disse...

Ola querida Mel, tudo bem?
Eu também estou meio ausente, muita correiria,coisas da vida, coisas do tempo rsrs, viu como veio a calhar.
Realmente o tempo não pode parar, embora as vezes nós que paramos no tempo, mas a vida é um ciclo que dependendo do momento 1 minuto é uma hora e em outros uma hora parece 1 menuto.
É assim mesmo, cabe a nós apenas vivermos,mais que sobrevivermos e tentando cada vez mais sermos felizes haja o que tiver de haver.
Beijão:D

Tatiana disse...

Oi Mel...Fui convidada por uma amiga para participar de uma promoção e convido você também é do blog:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2010/01/promocao-de-ano-novo.html

Um beijo muito carinhoso

Mel disse...

O tempo não para, há tempos se
ouvi isso...
Ruim é entender-mos. =/