Saudações.

" Não quero lhe falar meu grande amor; das coisas que aprendi nos discos...
Quero lhe contar como eu vivi; e tudo o que aconteceu comigo (...)"

(Antônio Carlos Belchior- Como nossos pais)

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Encontro

Quando meus olhos, enocntraram os teus olhos...
Eles se gostaram.
Quando meu sorriso encontrou o teu sorriso...
Eles se encantaram.
Quando o teu beijo beijou o meu beijo...
Eles se apaixonaram.
Quando o teu abraço abraçou o meu abraço, eles se entregaram.
Quando meus ouvidos ouviram tua voz:
Se alegraram.
E quando minha mão apertou tua mão e elas se encaicharam,
foi aí que: meu coração encontrou teu coração.
Foi aí que em te confiei. E pra te meu amor entreguei.
Te amo.

6 comentários:

ERICK MOURA disse...

HOJE PAREI PARA DAR UMA OLHADA NO TEU BLOG.
E GOSTEI,.
TEM TEXTOS LEGAIS...
E SOBRE O TEXTO "ENCONTRO"
ESSA PESSOA A QUEM VOCE ESCREVEU TEM QUE FICAR MUITO FELIZ.
PORQUE O TEXTO ESTA REALMENTE FORTO,.
:]

SE QUISER DAR UMA PASSADA NO MEU BLOG PRA DAR UMA OLHADINHA NOS MEUS TEXTOS TMB :]
FIQUE AVONTADE.

VOU VIRAR SEGUIDOR DO TEU ;] BJ

Kellen Hortegal disse...

Ouun *--*
Lindos os seus textos,
Parabéns.

ERICK MOURA disse...

cade texto novo no teu blog?
entrei por aqui e nao vi coisas novas,
fico na espera.

ABRAÇO.

ERICK MOURA

Diego Morais disse...

gostei muito do poema!
:*

Eric R. disse...

Lindos versos.
Foi bom ter te encontrado ^^

Beijos :D

Dil Santos disse...

Oi Mel, tudo bem?
Lindo o poema, achei super fofo, romântico, adoro poemas assim.
Acho q transmitem mais sentimentos.
Que bom que gostou do blog, espero que a criatividade possa fluir por vc e belos textos vc possa voltar a escrever.

Bjos
:)