Saudações.

" Não quero lhe falar meu grande amor; das coisas que aprendi nos discos...
Quero lhe contar como eu vivi; e tudo o que aconteceu comigo (...)"

(Antônio Carlos Belchior- Como nossos pais)

domingo, 18 de outubro de 2009

Como, a Bela e a Fera.

Contigo, me sinto como a Bela e a Fera.

Sem você, é como a vida sem quimera.
Meu pulsar se aquieta a tua espera.
Aonde vais meu amor, com o meu coração?
Logo vem a chuva trazendo o frio consigo.
Me abrace, me dê colo.
Me diga que é pra sempre, que não acabará de repente.
E esse amor diferente será sempre inocente.

5 comentários:

gleisson benaio disse...

hum......... gostei te amow miga lindax
feliz kara dono desse colaxaooo

Anônimo disse...

Olá princesa ta Show tudo lindo maravilhoso, que Deus abençoe sua vida e seu trabalho grandemente pra smepre bb, fica com Deus....

Eric R. disse...

Obrigado
Gentileza sua.
Fique a vontade para ficar o quanto desejar em meu blog será uma honra tê-la por lá.

Beijo carinho e desejo um otimo final de domingo "doce" Mel :D

Eric R. disse...

Bom te confesso uma coisa também kkk não gosto de escrever textos muito longos,tenho preguiça ,mas ultimamente tenho tido inspirações grandes kk dai não tem como a hora que vejo ja ficou um "textão".
Mas faz parte.
Conto com sua gentil presença sempre que possivel.
Beijos :D

Uma princesa disse...

'Não lembrei que no filme a Bela e a Fera, a Fera mesmo era a Bela, ela que era forte e sem medo.
Tadinho da Fera, era prisioneiro do feitiço.
Mas o amor, o libertou.'
Lindo filme :)
Amo os filmes da Disney rsrs