Saudações.

" Não quero lhe falar meu grande amor; das coisas que aprendi nos discos...
Quero lhe contar como eu vivi; e tudo o que aconteceu comigo (...)"

(Antônio Carlos Belchior- Como nossos pais)

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Confesso-te que...


Há dias em que eu gostaria de te ouvir.
Há dias, gostaria de te descobrir.
Há dias em que poderia te ouvir por dias.
E sei haveria dia em que contigo sonharia,
E por te acordaria.
São tantos silêncios ao redor do que tenho de ti…
Que há dias gostaria de te ouvir.
Mesmo que por um dia; eu o eternizaria
Em meus pensamentos.
Em silêncio eu te ouviria por uma vida.
Mesmo que essa vida, só durasse UM DIA.
Ainda assim viveria, CADA MOMENTO.

7 comentários:

Denise Marinho disse...

saudades daq =x

Denise Marinho disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk , ok ok , sinto qe loogo logo , vc teraá ele (yn)
tava sem ânimo de postar , mas agora creio qe voltei de vez :D

Denise Marinho disse...

hihii , sim sim ,
estamos de volta (yn)
aain , vai aparecer sim :D
bj bj amada

Eric R. disse...

Ola Mel!

É como diz o velho dito," aproveite cada momento como sendo único", Eles duram com a intencidade com que os vivemos, as vezes o que se vive em um dia se leva para vida toda...

Beijos :D

dand disse...

Oi Mel amor... hehehe..saudades de ti..

deixo aki um pensamento muito que verdadeiro:

Eterno é tudo aquilo que dura uma fração de segundos, mas com tamanha intensidade que se petrifica...e nenhuma força consegue diluir...e nenhum tempo pode apagar...pois se tornou Eterno.

Bjos minha linda...desculpe a demora em comentar, mas estou em semanas de prova, aí já viu a conturbação na minha vida rsrsrs..
Te adoru.
Dand.

Diego Morais disse...

Muito bom.
Há dias que quero ler seus poemas... rsrs
:*

Anônimo disse...

lindo lindo muito lindo melsinha